ACADÉMICA DE COIMBRA - MUITO MAIORES DO QUE 'GRANDES'!   100% ACADÉMICA 100% ACADÉMICA SEMPRE A TAÇA 2012 É NOSSA!!!! APOIA A TUA EQUIPA LOCAL ACADÉMICA DE COIMBRA SEMPRE! BRIOOOOSAAAAAAAAA VENCEDORES DA TAÇA DE PORTUGAL 2012! 100% ACADÉMICA SEMPRE 100% ACADÉMICA

segunda-feira, 20 de setembro de 2004

ACADÉMICA 0 - BENFICA 1 - SEM ATAQUE NÃO SE PODE VENCER

Do jogo da noite de ontem disputado no Cidade de Coimbra, a nossa Briosa só saíria com uma vitória se acontece um lance de sorte que por vezes aparece no futebol, uma vez que o ataque foi pouco mais do que uma perfeita nulidade. A equipa da Académica apareceu transfigurada em relação às duas jornadas anteriores da superliga sendo que a titularidade do central Danilo se pode considerar a maior surpresa, apesar de alguns órgãos de comunicação social terem adiantado essa hipótese antes do jogo. Também a utilização de Vasco Faísca na posição de "trinco" foi novidade. A outra alteração foi o facto de Fredy ter sido titular do lado esquerdo do meio campo.

Assim, a Briosa actuou num 4x4x2 em que à frente do guarda-redes espanhol Dani, evoluiu um quarteto defensivo formado pelos centrais Danilo e Zé António e pelos laterais Nuno Luís e Pedro Henriques. No meio campo, como se disse atrás, Vasco Faísca assumiu as funções de médio mais defensivo, tendo ao seu lado Dionattan e Fredy, sendo que o brasileiro descaía mais para o flanco direito e Ricardo Fernandos era o médio organizador. No ataque o ponta de lança Joeano tinha a ajuda de Luciano Fonseca que actuava como segundo ponta de lança nas suas costas. Com esta formação, João Carlos Pereira, tentou dar mais força e rigor ao meio campo com Faísca e, com Fredy, pretendeu fechar melhor o flanco esquerdo pois já se previa que Miguel e João Pereira dariam "água pela barba" a quem estivesse na sua zona de acção, pelo que Rafael Gaúcho não seria uma boa opção, uma vez que defender bem não é uma das suas características.

Na primeira parte assistiu-se a um jogo repartido em que a Briosa conseguiu pressionar mais a meio campo tendo conseguido, em alguns períodos, controlar o jogo mantendo o benfica longe da sua área. No entanto o ataque era inoperante. Luciano tentava algumas arrancadas tirando partido da sua boa velocidade mas nunca se transformaram em verdadeiras jogadas de perigo, enquanto que Joeano andava perdido no ataque sem nunca ter criado uma oportunidade de golo. O nosso ponta de lança está a anos luz da forma evidenciada na época passada e o ataque da Briosa ressente-se muito com isso pois as opções não abundam, ainda para mais com Dário ainda longe de poder voltar à competição num nível aceitável. No primeiro período do jogo o benfica teve duas boas oportunidades. A primeira por Simão a rematar dentro da área com Dani (uma exibição muito segura)a defender com os pés para canto; a segunda por Sokota, na última jogada da primeira parte, correspondendo de cabeça a um centro de Simão na esquerda, com a bola a passar um pouco ou lado do poste esquerdo.

A segunda parte começou com o jogo a assumir a mesma toada que se tinha verificado na primeira, muito a meio campo sem grandes oportunidades de golo, até que, num lance entre Simão e Danilo na área da Académica, Paulo Paraty assinala grande penalidade. Danilo (um pouco duro de rins) não consegue aguentar a grande velocidade de execução do benfiquista e agarra-o impedindo-o de ficar isolado (tivemos sorte porque o Paraty só lhe mostrou o amarelo). Simão, no entanto falha o penalty. Apesar disto a Briosa não se motivou, não conseguiu imprimir outro ritmo ao seu jogo e não construiu uma única oportunidade de golo. Aos 73 minutos, num lance com alguma sorte pois a bola ressalta nos pés de Danilo, Simão fica cara a cara com Dani e, desta vez, não falha dando a vitória ao benfica.

O que mais me preocupou neste jogo foi a incapacidade atacante da Briosa. Não se pode passar um jogo inteiro sem se criar uma única oportunidade de golo. João Carlos Pereira tem de rever esta situação e, quanto a mim, terá de ser mais interventivo no jogo. As substituição têm que se fazer quando é necessário mudar qualquer coisa. Não sei qual foi a ideia de colocar o Cooper em campo apenas aos 87 minutos quando já estava a perder desde os 73!!!! Outra substituição que não percebi foi a primeira, aos 66 minutos, quando retirou Ricardo Fernandes!!!! Era óbvio que o Ricardo não estava nos seus dias, raramente se conseguia libertar das marcações e não se assumiu como o organizador que a Briosa necessitava mas toda a gente sebe que ele é um exímio marcador de bolas paradas e que tem um estupendo remate pelo que pode num desses lances fazer a diferença, ainda para mais quando a equipa não conseguia atacar e só num lance desse tipo poderia marcar golo. João Carlos Pereira disse em entrevista que podiam esperar uma Académica atrevida e que em Coimbra mandamos nós. Onde é que esteve essa equipa? Alguém a viu?

Com três jogos disputados e apenas um ponto a nossa Briosa está a entrar numa situação que nenhum de nós pretende. Tem de se inverter rapidamente o estado de coisas. A equipa tem de jogar mais positivamente, tem de atacar e criar oportunidades, tem de partir para cima dos adversários. Se é verdade que há uma máxima do futebol que diz que uma equipa se começa a construir na defesa, não é menos verdade que SEM ATAQUE NÃO SE PODE VENCER!

10 comentários:

Anónimo disse...

Parabéns.
Segunda de manhã: dos 4 ou 5 blogs da Briosa só o teu está actualizado.
Tens razão!
Porque raio o JCP tirou o nosso "play maker"?
Porque entrou o Cooper tão tarde?
O Joeano sempre sózinho na frente...
Continua a haver adeptos ranhosos que vão para o sector dos sócios apoiar o SLB.
Tenham vergonha!
Vi mesmo um, com um cahecol do SLB ao pescoço, a querer ir para um lugar cativo! Felizmente foi imepdido por um ARD.
Ao que isto chegou! Só com processos disciplinares a estes energúmenos é que isto se resolvia.
E aqueles patetas que vão para o estádio com um cachecol de cada clube?
Ninguém lhes explica que a AAC está acima de tudo?
Outra vergonha foi o esquema de segurança: do lado poente só havia uma entrada para revistas, com 2 funcionários!
Os sócios que aguentem!
Os passeios são tão largos ... mas algum adiantado mental entendeu que deviam ser só para o perímetro de segurança, o que obrigou as pessoas a deslocaram-se pela estrada, no meio dos veículos!
Haja tino e seremos mais felizes.
Briosa sempre.

Leão Preto

Pedro Santos disse...

Um dos grandes problemas da Briosa são os sócios a que chamo de camaleões. Quando o seu clube joga com a Académica (quase sempre benfiquistas) é vê-los orgulhosos com os seus cachecóis e camisolas. Assim, não vamos lá. Enerva-me profundamente que na bancada de sócios de Académica se festejem golos dos adversários. É triste que muitos dos sócios da Briosa não sejam verdadeiros académicos...

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

se o record fosse um jornal inglês a 1ª pág diria "ISTO FOI UM ROUBO", a Académica foi prejudica pelo sr que andava com um apito,porque não falam disso?!falta sobre jogador da briosa o jogo continua e o simão fora de jogo marca!!!uma vergonha!onde está a verdade de tudo isto?
FZ

Anónimo disse...

E se o Record fosse um jornal chinês, a capa diria "Fung shing nang", que significa: o Benfica ganhou bem, não há nada a dizer.

Anónimo disse...

Imaginem que quando a equipa do Benfica entrou em campo eu começei a assobiar e dois putos com cascois do Benfica sentados nos cativos começaram a mandar vir comigo! Mandei-os calar mas assim não dá! Nem na bancada de sócios se pode fazer o que quisermos! Humilhar aqueles gajos é que era do belo!

Anónimo disse...

Infelizmente, eles é que nos humilharam a nós. Viram a faixa dos No Name quando o Simão marcou? Dizia: "E agora, já querem adiar?" Palhaços.

Anónimo disse...

Será que o anónimo que percebe chinês não será um daqueles sócios da AAC que ontem foram puxar pelo slb?
Leão Preto

Anónimo disse...

È o mais provavel... mas como só ele aqui sabe chinês, acho eu, acredito que ele esteja a mentir.

Anónimo disse...

Vamos vingar-nos na la na capelas deles... o Dário vai faze-lo por nós!!! e kem ri por ultimo é quem ri melhor!...
Grande Blog Pedro, continua...
abs JZ